Arte e Ausência: O Papel do Objecto na Obra de Andy Goldsworthy

Autores

  • Fábio Gouveia

Palavras-chave:

Arte, ausência, objecto, reprodução

Resumo

Neste ensaio, o trabalho do artista britânico Andy Goldsworthy serve como ponto de partida para uma análise do papel que o objecto desempenha em relação à obra de arte. Confrontando, tanto a sua produção escultórica, como o seu espólio fotográfico, com textos teóricos sobre a natureza da obra de arte e o trabalho de outros artistas, procuro defender que a presença física de um objecto não é condição sine qua non à existência e apreciação de uma obra de arte. Analisando a forma como o público se depara com o trabalho de Goldsworthy (seja numa galeria, museu, livro, vídeo ou internet), pretendo efectuar uma distinção clara entre conceitos como “obra de arte” e “objecto artístico”, sustentando a teoria de que a experiência da obra de arte é mental e possível através de uma reprodução.

Downloads

Publicado

21-11-2013

Como Citar

Gouveia, Fábio. 2013. «Arte E Ausência: O Papel Do Objecto Na Obra De Andy Goldsworthy». Estrema: Revista Interdisciplinar De Humanidades 1 (3). Lisboa, Portugal.:17. http://estrema.letras.ulisboa.pt/ojs/index.php/estrema/article/view/119.

Edição

Secção

Artigos