A História e as histórias em A costa dos murmúrios de Lídia Jorge

Autores

  • Laura Pinto Minuzzi

Palavras-chave:

Lidia George

Resumo

Este artigo tem por objetivo discutir o fazer e o escrever a história como montar uma ficção, como produzir um dos possíveis relatos entre tantos – e não como descrever a única verdade sobre os eventos ocorridos. Para desenvolver essa discussão, foi escolhido o romance A costa dos murmúrios, da escritora portuguesa Lídia Jorge, cujo pano de fundo é a Guerra Colonial da década de 1960. Ao longo de sua narrativa, é mostrado o que está por trás dos relatos oficiais, das narrativas de batalhas e de estratégias e das porcentagens de mortos e feridos: o cotidiano de mulheres e de crianças que, mesmo que não lutem e não empunhem armas, são tão relevantes para fazer a história quanto os soldados. Como apoio teórico, foram selecionados estudos de Linda Hutcheon, Hans Ulrich Gumbrecht e Paul Ricoeur.

Downloads

Publicado

21-11-2013

Como Citar

Minuzzi, Laura Pinto. 2013. «A História E As histórias Em A Costa Dos Murmúrios De Lídia Jorge». Estrema: Revista Interdisciplinar De Humanidades 1 (3). Lisboa, Portugal.:19. http://estrema.letras.ulisboa.pt/ojs/index.php/estrema/article/view/120.

Edição

Secção

Artigos